FANDOM


O designer André Jute em seu livro Grid – The Structure of Graphic Design define 15 principais passos para se construir uma grade simples e rápida. Não se trata de uma regra a ser seguida porque cada projeto pode e deve ser único, porém, serve como uma linha guia a ser desdobrada com o tempo e com a experiência.

Passo 1 – A definição do formato do papel da página. Em geral, o formato do papel é dado ou pelo editor, ou pelo cliente. Se isto não acontecer, o designer deve seguir um dos formatos do padrão ISO (A5, A4, A3...), na posição vertical, ou porta-retrato.

Passo 2 – A definição da família tipográfica. De acordo com André Jute, a família Helvética é ideal para ser aplicada em chamadas e títulos, já as famílias Times, Palatino (mais comum em Macs), Sabon e Baskerville são ideais para a massa de texto. André Jute define a Helvética como neutra e boa para o trabalho em qualquer tipo de outra fonte. Define a Times como tendo um entre-letra muito eficiente e tem leitura imediata, é fácil de ser lida. Jute considera a Palatino como sendo larga e respeitável. Define a Sabon como moderna e graciosa e a Baskerville como respeitosa e elegante. Obviamente o designer pode escolher qualquer outro tipo de família tipográfica de sua preferência, como a Garamond, por exemplo, pode inclusive optar por desenvolver todo o seu texto (incluindo as chamadas e títulos) com uma única família serifada, impondo um ambiente com mais classe e menos informal. Este conjunto sugerido por André Jute é apenas uma pequena lista de possibilidades. Dica: na dúvida entre duas fontes com serifa ou duas fontes sem serifa, monte uma janela com uma aplicação de até 16 variações de tamanho de texto, peso e estilo para efeito de comparação, como se segue no exemplo abaixo:

Tipo.jpg










Arejamento.jpg


Passo 3 – A definição do arejamento. Como vem sendo dito desde o início, o bom design de página exige que se predefina uma área de arejamento, porém, como deve ser este arejamento? Uma regra simples, dita que o arejamento (sempre que possível) deve ser planejado muito mais entre a área de página e os elementos gráficos internos do que entre estes elementos propriamente ditos. Isso dará a página uma dinâmica mais atraente. A figura ao lado pode ilustrar melhor este conceito.

Passo 4 – Dimensionando a margem. A margem lateral mínima será de 12 mm, sendo mais indicado usar margens de 19 mm para um projeto padrão e margens mínimas de 25 mm para projetos mais elegantes. Margens maiores que 25 são consideradas exageradas pelo mercado, a não ser que você seja um designer famoso, do tipo muito além da crítica ou que esteja fazendo o projeto de um livro de arte.

Passo 5 – A relação entre as margens. A margem superior e inferior sempre será maior que as margens laterais. A margem interna sempre será maior que a margem externa. Isso, na imensa maioria dos casos.

Passo 6 – Escolhendo o tamanho da fonte. A capacidade de leitura para a maioria das pessoas numa larga faixa etária varia pouco entre fontes de corpo 8 pontos a 14 pontos, qualquer que seja a família tipográfica, variando-se apenas a distância que se estará da massa de texto. De forma que a opção por determinado tamanho de fonte dependerá muito da geometria da caixa de texto e da largura das colunas. De forma a permitir a redução ou melhor ainda, a ausência de hifenização.

Passo 7 – Definindo a entrelinha. Uma bem sucedida definição de uma caixa de texto será a que tiver a melhor relação entre o corpo da fonte, sua entrelinha e a largura da coluna. Define-se como entrelinha mínima para uma boa fluência de leitura aquela que for equivalente em tamanho ao corpo de letra da caitexto. Por exemplo, para uma fonte qualquer de corpo 10, sua entrelinha mínima será de 10 pontos. Uma boa entrelinha terá um incremento de 20% sobre o tamanhodo corpo da fonte, quando as caixas de texto forem pequenas, como são em geral as legendas e notas. Poexemplo, para uma fonte qualquer de corpo 10, a entrelinha ideal será de 12 pontos. Porém, em columais largas com massas de texto mais pesadas, mesmo uma entrelinha de 12 numa fonte de corpo 10 tornará o texto cansativo e até mesmo ilegível. Para massas de texto entre 39 a 54 toques no corpo 10, use entrelinha de 14 pontos

Passo 8 –O tamaho da coluna. Lembra o segredo de Tostines? Sim, o tamanho das colunas define o tamanho da fonte assim como o tamanho da fonte define o tamanho da coluna. Ambos interferem um no outro. Não existe um cálculo específico para se definir otamanho das colunas, será preciso, obedecendo as regras de legibilidade, distribuir a massa de texto e fazer os devidos ajustes na grade, ou alterando-se a largura da coluna, alterando-se com isso também as distâncias entre colunas ou mesmo o número de colunas ou alterando-se o corpo da fonte.

01.jpg


Passo 9 – Hierarquize os tamanhos de fonte. Defina os tamanhos de fonte para cada elemento de texto em sua página. Desta forma, defina o tamanho da fonte dachamada principal, das sub-chamadas, das caixas de info-gráficos, da numeração de página, do nome do capítulo ou da seção da revista ou jornal, e de qualquer outro tipo de padrão que irá existir em sua página.

Passo 10 –Ajustando a carga de texto da página. A unica forma de se ajustar a massa de texto à página é dfato fazendo uma boneca de seu projeto. Pode ser uma boneca virtual mesmo. Pegue uma massa de texto qualquer, pode ser uma gerada automaticamente pelo já consagrado site – www.lipsum.com – e aplique em seu arquivo criado no programa de sua preferência. Agora, afaste-se do seu monitor o bastante para visualizar não otexto em si, mas a massa de texto. Se isto lhe parecer um tanto escuro, é porque o texto no formato definidoficou muito denso. Aumente então a entrelinha. Muitasvezes isso já basta. Somente se este passo não for suficiente, reveja seu projeto de número de colunaslargura de margens e de entre-colunas.

Passo 11 – Trabalhe com as páginas faceadas. É recomendável fazer o projeto editorial de livros, jore revistas considerando páginas faceadas, justamente porque é assim que o leitor irá ler.

Passo 12 –Definindo a sangria. Todo projeto gráfico de cartões de visita a embalagens, capas, folhetos, cartazes, livros, jornais e revistas deverá considerarmargens de sangria. É o que garante que mesmo que haja um ligeiro desalinhamento na preparação de máquina, todas as imagens pareçam corretas aos olhos do cliente, após o refilo e acabamento. Tornou-se padrão de mercado recomendar 3 mm de margem de sangria, ainda que a Adobe® afirme que os sistemas modernos de impressão usando sua linguagem PostScript© não necessitem de mais de 1 mm demargem de sangria. Como não é possível ter certeza do padrão de serviços gráficos oferecidos, até porque existem questões complexas como orçamento, cliente, entre outras, use uma margem de 5 mm como garantia.

02.jpg
Passo 13 –Refinando o projeto - Colunas - Se a grade irá ter mais de uma coluna, podemos classificar as colunas em largas ou estreitas. Colunas largas conferem ao design um caráter mais sóbrio e imponente, clássico, como é o caso da revista National Geographic. Mais de duas colunas, como 3, 4, cinco ou mais, irão conferir ao design um caráter de leitura mais imediata, mais acessível.

Passo 14 –A numeração de página - A numeração de página entre outros elementos acessórios como nome de capítulos, nome do autor do livro ou da matéria, nome da revista, do jornal, nome do caderno e a data estão os últimos elementos a entrar no design de uma página. Porém, devem contribuir para o equilíbrio e beleza doprojeto, por isso sua escolha, proporção e posicionamento devem ser criteriosos e deve-se usar de bom senso.

Passo 15 –A quebra das colunas em blocos. Esses blocos servirão como “andares” em prédios. Esses blocos formarão conjuntos verticais, horizontais ou emambas as direções e definirão o posicionamento de caixas de texto e caixas de imagens, organizando caelemento na página. A divisão das colunas em blocos torna o design muito mais flexível.


Elaborado pelo prof. André Furtado – Departamento de Expressão Gráfica – UFRGS - 2009

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória